2006 - Série "POEMAS E TINTAS"

       Em 2005, durante uma faxina de escritório,  encontrei um disquete entre 
papeis  antigos datado de 1991 pertencente a um primo de minha esposa, e
para minha  surpresa,  nele estavam gravados dezenas de poemas de autoria
do mesmo. 
      Pedi  autorização para pintar alguns destes poemas e o 
resultado está aí... 

 

                                                                                                                           
QUERO A MODA
acrilico sobre tela 110 x 70cm.

"Quero mais, quero tudo, tudo novo. Não importa o que dizem sobre o ataque psicológico
em minha mente. Quero a moda"  
M.B.
                                                                                                                       
EM LINHAS HORIZONTAIS
acrilico sobre tela 110 x 70cm.

"Onde levam teus olhares? Num lugar qualquer que eu queira estar.  Por um minuto só
pra entender e nunca mais perguntar. Enquanto isso debulho o mundo em linhas 
horizontais"  
M.B.
                                                                                                                           
NÃO TO NEM AÍ
acrilico sobre tela 100 x 70cm.

"Não tô nem aí se não encontras nexo nas formas que pinto na tela. São minhas luzes.
São minhas máscaras. São só fantasias, ficção que crio do que jamais viví. São conclusões
a que não cheguei, momentos que não tive, porque não tô nem aí"   
M.B.
                                                                                                                           
UM MURO INSANAMENTE LIMPO
acrilico sobre tela 100 x 70cm.

"Não tenho a verdade que procuro num muro insanamente limpo, onde me proíbo
ultrapassar  e me espalho em cores sem luz, estático ao poder das sombras
M.B.


ASAS PARA VOAR 1
acrilico sobre tela 80 x 20cm.

"Estou presa nesse corpo e não consigo me soltar. Por causa desse nó  
na garganta um dia terei asas para voar"
M.B.
                          
                                                                                                                           
ASAS PARA VOAR 2
acrilico sobre tela 30 x 20cm.

"Eu sei que vou continuar assim. Estou preso nesse corpo, não consigo me soltar. Por
causa desse nó na garganta um dia terei asas para voar"
M.B.
                                                                                                                             
PENSAMENTOS
acrilico sobre tela 2 x 150 x 80cm

"Jogo no muro as cores que se funde meu pensamento e recolho as sobras do que criei.
Retomo meus passos inocentes, seguindo num caminho até encontrar...  O colorido de
meus pensamentos."
M.B.
                                                                                                                           
PENSAMENTOS 2
acrilico sobre tela 150 x 100cm